Após ser desmascarado pelo mundo acadêmico, Carlos Decotelli pede demissão do Ministério da Educação

O economista, que foi indicado como o novo ministro da Educação na semana passada, pediu para sair do governo Bolsonaro antes mesmo de tomar posse. A saída acontece após o currículo de Carlos Decotelli ter sido questionado por ao menos três instituições nas quais ele disse ter estudado ou trabalhado. 
Ele também foi acusado de plágio em sua dissertação de mestrado, o que negou. 
Fonte:(1) Carlos Decotelli pede demissão do Ministério da Educação / Twitter

Comentários