Por que o Supremo suspendeu inquérito sobre Flávio Bolsonaro

     O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, acatou pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e suspendeu todos os inquéritos que têm como base dados sigilosos de órgãos como o Coaf (Conselho de Controle Atividades Financeiras) sem autorização judicial. A decisão foi tomada na segunda-feira (15), mas só veio a público nesta terça-feira (16).

Resultado de imagem para Coaf
     Na prática, ela paralisou as investigações sobre Flávio e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. O “Durma com essa” relembra o caso do filho mais velho do presidente da República. E explica o teor da decisão do presidente do Supremo.

Comentários